(11) 4200-8045 / (11) 96996-6768 Rua Gen. Jardim, 846, 4° andar - Higienopólis – São Paulo/SP

CIRURGIA DE RUPTURA DO TENDÃO DE AQUILES

Rompimento de Tendao

 

Sendo uma lesão (o rompimento de tendao) que afeta principalmente atletas, devido à alta intensidade das atividades sobre o tendão, a ruptura do tendão de aquiles ocorre na parte inferior à panturrilha, ligando os músculos da panturrilha ao calcanhar. Para compreender mais sobre a ruptura do tendão de aquiles acompanhe nosso texto e entenda mais sobre suas características e tratamento. 

 

No rompimento do tendao de aquiles, o paciente poderá perceber um som semelhante ao de uma chicotada, ou rasgo. No mesmo momento começa a surgir, na parte anterior do tornozelo, uma sensação de dor aguda, assim limitando a mobilidade do paciente.  

 

A ruptura do tendão de aquiles pode acontecer por fatores como: fazer atividades de esforço intenso sobre o tendão, falta de alongamentos antes de atividades ou exercícios, uso contínuo de saltos (calçado).  

 

Quando o rompimento de tendao, sua lesão pode ter caráter degenerativo, sendo precedida de tendinite do tendão de Aquiles não tratada.  

 

O perfil de pessoas que comumente apresentam essa lesão abrange principalmente as que praticam esportes como: 

 

  • Ginástica, 
  • Crossfit  
  • Futebol, 
  • Corridas,
  • Danças, 
  • Tênis, 
  • Beisebol, 
  • Basquete, 
  • Voleibol. 

 

O tendão de Aquiles é particularmente suscetível quando se está na fase inicial de execução de um movimento. Também a população masculina tem maior risco dessa lesão, após alcançar a faixa dos 30 anos de idade. Felizmente os alongamentos antes das atividades físicas ajudam na redução do risco de ruptura do tendão de Aquiles. 

 

SINTOMAS DE RUPTURA DO TENDÃO DE AQUILES

 

A descrição mais comum, por aqueles que sofrem com a ruptura do tendão de Aquiles, é a sensação de que alguém atirou uma pedra em seu tornozelo. Apresentando uma dor repentina na parte de trás do tornozelo. O som de um estalo alto também pode ser ouvido. O local da ruptura começa a apresentar uma depressão logo acima do calcanhar. 

 

Se a ruptura for completa, primeiro o paciente sente fortes dores, seguidas de rigidez e inchaço, aparecendo um hematoma no local, e a panturrilha passa a ser incapaz de executar os seus movimentos normais. 

 

A flexão plantar (dobrar a ponta do pé) torna-se praticamente impossível, bem como a capacidade de andar sobre as pontas dos pés rapidamente. Na maioria dos casos a ruptura é completa, ao invés de parcial. 

DIAGNÓSTICO DA RUPTURA

Um dos exames usados para confirmar o rompimento de tendao de aquiles é o teste de Thompson. Nesse teste o músculo da panturrilha é apertado nos dois lados, estando o paciente deitado voltado para cima. Se não for possível mexer o pé é sinal de que houve ruptura do tendão.  

 

É um método eficiente pois elimina outras possibilidades ao isolar o tendão de Aquiles, pois outros tendões ainda poderiam permitir algum movimento fraco. 

 

Para realização do diagnóstico, o exame físico é acompanhado da radiografia. Também podem ser usadas a RM (ressonância magnética) e US (Ultrassonografia), fornecendo informações úteis para a decisão sobre o tratamento adequado. 

TRATAMENTO CIRÚRGICO

O tratamento cirúrgico para rompimento de tendao de Aquiles é chamado de reparação do tendão. A cirurgia é feita com anestesia local ou regional, de modo que o paciente não sente dor, mas ele pode sentir algum incômodo após a cirurgia.  

 

O procedimento é feito com uma incisão na parte posterior do tornozelo. Para evitar que futuramente o paciente tenha incômodos ao utilizar calçados (pois poderia haver a fricção entre o calçado e a cicatriz do paciente) a incisão pode ser feita na parte lateral. 

 

Suturas resistentes são então colocadas nos dois cotos do tendão, após as extremidades rasgadas do tendão terem sido identificadas. Essas suturas são então ligadas de modo a reparar o tendão de Aquiles. 

 

A cicatrização das feridas representa o fator mais incidente no que diz respeito às complicações que acontecem depois da cirurgia de reparo do tendão de Aquiles. A cicatrização na pele é uma preocupação constante nessa região.  

 

A operação é apontada como sendo o meio de tratamento com maior sucesso, com a maioria dos pacientes voltando a realizar suas atividades normais. 

 

 

 

> Artroplastias > Tratamento e Cirurgias > Cirurgia de Ruptura do tendão de aquiles

Artroplastias