(11) 4200-8045 / (11) 96996-6768 Rua Gen. Jardim, 846, 4° andar - Higienopólis – São Paulo/SP

CIRURGIA PARA INSTABILIDADE NO TORNOZELO

Entorse de Tornozelo

A prática de esportes é parte importante das atividades para manter uma vida saudável. Porém não é raro que as pessoas acabem sofrendo algum tipo de lesão durante a prática de esportes. Um dos tipos mais comuns são as lesões do tornozelo (entorse de tornozelo). Acompanhe nosso texto e saiba mais sobre instabilidade do tornozelo e o seu tratamento.

Sabemos que as lesões no tornozelo são muito frequentes. Tão frequentes que chegam a representar cerca de 40% do total das lesões decorridas de práticas esportivas. Isso é um problema, além de tudo, porque o tornozelo é uma articulação complexa, da qual a harmonia está diretamente relacionada com sua estrutura ligamentar e óssea.

entorse-de-tornozelo
entorse-de-tornozelo

QUAIS LIGAMENTOS SÃO PREJUDICADOS NO ENTORSE DO TORNOZELO?

ortopedista-vila-nova-conceicao

Idealmente a estrutura do tornozelo precisa exibir características de flexibilidade e estabilidade, permitindo movimentos bruscos e os mais precisos, bem como a absorção de impacto.  

 

A forma como os ossos do tornozelo estão dispostos remete ao formato de uma pinça. Sendo que nela o tálus se acomoda no meio da fíbula e da tíbia, estando envolvido por uma bainha espessa e por dois complexos ligamentares. 

 

Formado por três ligamentos, o complexo ligamentar lateral do tornozelo conta com: o calcâneofibular, o fibulotalar anterior, o fibulotalar posterior e a porção transversa . No caso de uma eventual torção do tornozelo, os ligamentos mais prejudicados e importantes são os  talofibular anterior e o ligamento calcâneofibular. 

PARTES AFETADAS E SINTOMAS

Na ocorrência de uma entorse de tornozelo é possível que o osso do tornozelo sofra algum tipo de fratura e que a cartilagem apresente lesões. Também hematomas e edema são frequentes em casos de torções. Outro possível efeito é a sinovite (processo inflamatório interno na articulação). 

 

Existem casos nos quais a cápsula lesada da parede interna da articulação acaba adentrando no tornozelo, ficando entre os ossos. Os efeitos dessa cicatrização desordenada se refletem em dor e instabilidade no tornozelo. Também lesões nos nervos e nos tendões podem ocorrer. 

 

Inicialmente, após uma torção no tornozelo, costumam ocorrer inchaços, hematomas e dores no local. Variando o lugar de acordo com a direção na qual a torção ocorreu. Quando há essa dor na região do tornozelo, e a pessoa não consegue pisar o pé no chão, é necessária a análise médica o mais rápido possível.

A REALIZAÇÃO DO DIAGNÓSTICO

Exames físicos são utilizados para elaborar o diagnóstico, juntamente com as informações que forem dadas no exame de raios x e no relato do paciente. Também os sinais e sintomas apresentados pelo mesmo são levados em conta. 
 
A identificação de partes que estejam doloridas no entorse de tornozelo auxilia na investigação sobre até que ponto os danos foram. Há ainda outras formas de se avaliar se há instabilidade ligamentar nas lesões. 

ortopedista-vila-nova-conceicao

OS TIPOS DE TORÇÕES DE TORNOZELO

Os diferentes tipos de lesões ligamentares do complexo lateral podem ser classificadas em três níveis.
 

  • Nível 1 (Lesão leve): acontece quando há ruptura de parte das fibras internas dos ligamentos. São traços característicos deste tipo de lesão a dor e o inchaço moderado, e o tornozelo não se encontra comprometido mecanicamente. 

 

  • Nível 2 (Lesão moderada): acontece quando há ruptura parcial dos ligamentos.  São traços característicos deste tipo de lesão o inchaço, a dor, e os hematomas. Sendo que o tornozelo já passa a apresentar certa instabilidade na parte anterior.  

 

  • Nível 3 (Lesão grave): acontece quando há ruptura completa dos ligamentos. Acompanha dores fortes, hematomas, e inchaços volumosos.  Há instabilidade do tornozelo e ele se torna incapaz funcionalmente. 
ortopedista-vila-nova-conceicao

COMO É O TRATAMENTO PARA A ENTORSE DO TORNOZELO?

De acordo com nível de gravidade da lesão, os procedimentos serão diferentes. Veremos sobre os de nível 3, pois, sendo os mais graves, são os únicos que podem requerer cirurgia. 

 

Nas torções de nível 3, a imobilização do paciente pode ser levada por até seis semanas, e o período de cicatrização e reabilitação é demorado.  

 

Tratamento Cirúrgico

Nesse ponto o tratamento cirúrgico costuma ser aplicado nos casos necessários, incluindo casos de atletas ou de maior instabilidade e abertura da pinça articular. 

 

 

É comum que a instabilidade do tornozelo pós entorse de tornozelo ainda ocorra após a recuperação. Esses casos costumam ocorrer devido à não realização da reabilitação e  fortalecimento muscular.

No entanto quando não há mudanças positivas com a reabilitação motora, o tratamento cirúrgico da instabilidade é aconselhável. Podendo ocorrer com o retensionamento dos ligamentos laterais.
 

 

> Artroplastias > Tratamento e Cirurgias > Cirurgia para Instabilidade no Tornozelo

Artroplastias